sábado, 16 de janeiro de 2016

Dia 16 2016.

Esses últimos dias foram bem conturbados.
Ainda não sei direito o que sentir.
Nem se estou sentindo algo.

E essa sensação estranha não melhora meus dias.
No momento, só quero que a vida passe voando, a ponto de eu não perceber e nem me preocupar com nada que acontece nela.

E aí, tem como, deus?
           

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Dia 04 de 2016.

Dia de voltar a rotina depois de feriados extremamente prolongados.
Acho que esse é o motivo pra minha depressão extremamente prolongada, também.

Hoje eu pensei em mudanças.
Em coisas que quero, mas obviamente, não irei atrás.
Por quê? Oras, porque eu sou idiota e morro de medo.
De que? Oras, eu lá sei?

É... Hoje estou tão confusa quanto esse texto.
Espero que entendam.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Dia 1 de 2016.

Lembrei desse blog e pensei: Por que não?
Sumi por boa parte de 2014 e 2015... E se for pra fazer um resumão desses dois anos, só tenho uma coisa a dizer: sem arrependimentos.
Coisas ruins aconteceram? Ainda estão acontecendo, pra falar a verdade. Mas aconteceu muita coisa boa, também, então não to muito no direito de reclamar ou me arrepender.

Mas isso não quer dizer que eu esteja bem.
Muito pelo contrário, acredito que nunca estive tão mal.
Por isso vou voltar a usar isso aqui... Talvez me ajude a, pelo menos, organizar meus pensamentos. Estou precisando.

Enfim, ano novo e hábitos antigos. Acontece.
Feliz ano novo!

sábado, 25 de janeiro de 2014

Dia 25 de 2014.

Eu juro que eu não estaria aqui caso não precisasse.
Eu estava bem... Como podem ver, aguentei 25 dias. Bom, 23 se contarem os dias em que passei meu tempo desesperada em vez de passar meu tempo escrevendo aqui. Mas enfim...

Esse ano tinha que ser perfeito.
Mas como sempre, expectativa demais vem acompanhada de decepção demais, também.

Parece que vou ser obrigada a passar o ano aguentando gente que eu não suporto.
E não existe coisa que eu odeie mais que isso, de verdade.
Sem contar que vou passar mais tempo longe dos meus amigos, e isso está me deixando louca.

De verdade. Estou até escrevendo demais, sem parar, coisas sem sentido algum.
Isso está me assustando. Eu estou voltando a ser aquela garota de 2012, e eu não quero isso.

Minha vida mudou, se isso voltar, minha vida só tende a piorar.
Por favor, eu preciso ficar longe dessa minha loucura interna!

Houston, I think we got a problem.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Dia 359 de 2013.

Faltam poucos minutos para acabar o natal, mas aqui estou eu.
Estou longe de casa, mas não longe dos meus costumes.

Percebi que vai chegando o fim do ano e eu começo a pensar em coisas que quero que aconteça no ano que está para vir. E claro, coisas que nunca acontecem.

Acho isso triste, pois fico na expectativa de ter um ano melhor, mas nunca faço nada pra fazer isso acontecer. Nunca tenho a coragem.

Às vezes queria que minha única promessa de ano novo fosse deixar o medo de lado...
Mas como já disse, ninguém cumpre as promessas de ano novo, mesmo.

domingo, 8 de dezembro de 2013

Dia 342 de 2013.

Deixe de se preocupar.
O ano está acabando...

Aquelas obrigações sumirão com a chegada das férias.
Aquelas pessoas chatas não farão mais parte da sua vida.
Aqueles amores vão acabar conforme o tempo e a distância.

E infelizmente, eu precisarei guardar um pouco dessa preocupação para o ano que vem.